Novembro 2012
 

Senac Cora Coralina, em Goiânia, completa 29 anos

Com nome de poeta e espírito de trabalho, Senac Cora Coralina comemora vitórias passadas e futuras

2 de dezembro de 1983. Século XX. Este foi o exato dia em que uma doceira de palavras ainda mais doces entrou pelas portas do Senac Centro de Educação Profissional Cora Coralina pela primeira vez, centro esse que pegou seu nome emprestado. Era Cora. Cora Coralina, em pessoa e palavra, que abençoava o lugar em sua inauguração. “E esta casa feita para o trabalho, para ensinar a trabalhar, é uma casa abençoada por DEUS.” Ela garantiu durante o discurso que proferiu de improviso e que, mais tarde, foi nomeado “Ode ao Trabalho”. Este ano, o Centro de Educação Profissional Cora Coralina completou 29 anos de um papel social expressivo na comunidade.

Quando foi concebida, a unidade seria um centro de tecnologia. Entretanto não teve jeito: o conhecimento se espalhou para diferentes direções! Atualmente, “são ministrados cursos de diversas áreas e para os mais diversificados segmentos”, afirmou Lionísio Pereira, diretor geral da Faculdade de Tecnologia Senac Goiás e gerente do Centro de Educação Profissional Cora Coralina.

Formador de milhares de pessoas nos 29 anos já transcorridos, o Centro de Educação Profissional Cora Coralina se preocupa em continuar esse trabalho com os mais distintos públicos sociais. É por isso que apoia com números crescentes o Programa Senac de Gratuidade (PSG) e  o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O PSG oferece vagas gratuitas em cursos de Formação Inicial e Continuada e de Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Criado, em 2011, pelo Governo Federal, o Pronatec tem o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.

Com este histórico, o futuro da unidade Cora Coralina não pode ser outro se não o que Lionísio Pereira declarou: “brilhante. O mais promissor possível. O Centro de Educação Profissional Cora Coralina se fortaleceu muito, principalmente por estar no mesmo prédio que a Faculdade. Isso deu aos nossos alunos o desejo de continuar estudando”. Continuar, esta é a palavra. Continuar educando e aprendendo pelos próximos 29 anos!

“E nesta hora, agradecendo àqueles que escolheram o meu nome para ornamentar a fachada desta casa, agradecendo a eles, agradeço também a todos que estão presentes e agradeço também aqueles mortos, aqueles passados, aqueles velhos e sobretudo aquela escola primária que abriu o meu entendimento para a leitura e para a escrita mais ou menos, agradeço aos presentes e reverencio os mortos.”
Cora Coralina



   
   
   
   
Notícias Anteriores