Capa da notícia
Carreira

Quatro resoluções de carreira para o segundo semestre

Essa é a hora de você sair da zona de conforto e pisar no acelerador para preparar bem sua trilha profissional

 

Os solavancos da economia internacional já estão mostrando seus efeitos do lado de cá da fronteira brasileira. De acordo com o especialista Rafael Souto, nos últimos três meses o número de contratações caiu e as propostas salariais se estabilizaram. “O ônibus está brecando. Essa é a hora de se agarrar. Senão, você corre o risco de parar no colo do motorista”, brinca Gilberto Guimarães, do Institute of Performance and Leadership e autor do livro “Liderança Positiva”.
 
De acordo com ele, para quem tem suas competências comprovadas e está bem colocado o cenário não é uma ameaça. Agora, para quem não caminhou nos últimos sete meses ou pior regrediu em termos de carreira, sinal vermelho. Essa é a hora para sair da zona de conforto e pisar no acelerador para preparar bem o caminho para os anos que está por vir. “Este não é o momento para ter um envolvimento ‘light’ com a sua carreira”, afirma Rafael Souto, da Produtive. Confira como fazer isso:
 
1. Encontre alternativas para seguir em frente
 
Início do segundo semestre sempre pede um check-up. Avalie o que você fez nos últimos meses em direção ao seu objetivo de carreira. “Carreira não é uma corrida de cem metros rasos, mas é uma maratona”, diz Guimarães. Na prática, isso demanda um exercício contínuo de aprimoramento para completar a corrida. Com isso, avalie como tem sido a sua evolução na carreira nos últimos dois anos. De acordo com Souto, se desde então sua trajetória profissional estagnou, atenção. Talvez seja hora de mudar. 
 
A primeira dica para isso é mergulhar para dentro de si e entender onde você (realmente) quer chegar. Feito isso, abra um fórum de discussão com seu superior e cheque as possibilidades de crescimento dentro da sua própria empresa. “Neste semestre, tome a decisão de discutir abertamente a ideia de se envolver em um novo projeto”, aconselha Souto. Tente atuar em projetos em áreas relacionadas ao seu projeto de carreira. 
 
2. Onde apostar suas fichas educacionais
 
Experiência e atitude são essenciais para a carreira. Mas a formação também conta. Por isso, faça uma análise de como você aplicou seus investimentos educacionais nos últimos meses. Se forem inexistentes, faça um plano de ação rápido para reverter este cenário.
 
Como organizar? “Imagine a letra T como um gráfico para sua formação educacional. Nele, a linha vertical corresponde aos cursos mais focados na sua área de atuação e a linha horizontal, os programas que oferecem uma visão ampla do negócio”, descreve Souto. “Se a linha vertical está muito extensa, é hora de investir em cursos mais generalistas e vice-versa”.
 
3. Invista no marketing pessoal
 
Chame seus colegas de trabalho para um café e questione como anda sua reputação perante cada um deles. “Não precisa perguntar para todo mundo. O principal é fazer uma análise franca e verdadeira da percepção do grupo sobre ele”, diz Souto. 
 
Algumas medidas podem ajudar nisso. Além de esbanjar gentileza e simpatia no ambiente de trabalho, aposte em medidas que colaboram para um ambiente mais leve. Combine isso com entrega (e superação) de resultados. Quando possível, “faça uma comunicação clara dos resultados que entregou ao final de cada projeto”, sugere o especialista. Além disso, Souto afirma que é essencial investir também no seu marketing político dentro da companhia. "Saber quem são as pessoas que influenciam a cultura da empresa é decisivo para o sucesso na carreira”, afirma. 
 
Por fim, tente mostrar mais a sua cara para o mercado. Em outros termos, compareça a mais eventos do setor, use as redes sociais mais ativamente e outras ferramentas para melhorar seu networking. 
 
4. Comprometimento mode on
 
Em momentos de turbulência, a dica é ser criativo na carreira. Isso significa que você precisa se tornar um profissional indispensável. “Este cenário exige pessoas mais envolvidas, que proponham projetos de melhoria, pessoas que não se limitem a fazer o que é pedido”, afirma Souto. 
 
Incremente seu currículo com os cursos do Senac Goiás: cursos livres, técnicos,
graduação (superior tecnológico), pós-graduação presencial e a distância.
Ver todas as notícias
Voltar para o topo
Atendimento On-line Segunda a sexta: 8h às 17h