Capa da notícia
Capacitação

Senac oferta mais de 10 mil vagas em cursos para pessoas carentes

Programa Capacitar-se é destinado a cidadãos cadastrados no Renda Família

O Sistema Fecomércio Sesc-Senac, em parceria com a Prefeitura de Goiânia, lançou na manhã desta quarta-feira (31) o Capacitar-se, um programa de capacitação profissional que está ofertando mais de 10 mil vagas em dez cursos gratuitos de capacitação profissional. Os beneficiados serão as pessoas cadastradas no Programa Renda Família (cadastro único) e cuja renda per capita não ultrapasse dois salários mínimos. 

“Neste dia em que retomamos as atividades econômicas em Goiânia, na convicção de que seguiremos trabalhando e de que vamos pôr um fim definitivo da pandemia com o avanço da vacinação, mais uma vez celebramos parceria com o poder público para reforçar as medidas de recuperação econômicas. A diretriz dada pela Fecomércio é para que esses cursos formem para o mercado de trabalho e para a vida, promovendo a independência e a dignidade de nossos trabalhadores”, disse o presidente da Fecomércio, Sesc e Senac, Marcelo Baiocchi. 

O diretor do Senac, Leopoldo Veiga Jardim, reforça que a parceria com prefeitura de Goiânia é uma ferramenta de inclusão social e fundamental para assistir à camada da população que mais precisa. “Os cursos do Senac são muito procurados pela sua qualidade e estão em consonância com o crescimento econômico do Estado, pois refletem diretamente na qualidade dos serviços ofertados. Acreditamos que ao serem capacitadas essas pessoas conseguirão se inserir no mercado de trabalho”, avalia.

“Estamos no caminho certo e fazendo essa parceria temos o prazer e a alegria de darmos aos cidadãos goianienses, mesmo nas circunstâncias difíceis que estamos vivendo hoje, esse apoio tanto da prefeitura quanto de uma instituição tão grandiosa que é o Sesc-Senac. Quero agradecer a vocês por estarem junto com a prefeitura”, celebrou o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz. 

Das vagas disponibilizadas, 360 são para cuidador de idosos; 360 para assistente de recursos humanos; 260 para técnica de vendas; outras 360 são para assistente administrativo; 150 para recepcionista; 100 para estoquista; 100 para assistente de logística; 100 para assistente comunitário de saúde e outras 100 para operador de caixa.

A coletiva de imprensa que marcou o lançamento da parceria contou com representantes da prefeitura e da Fecomércio, além de representantes de sindicatos do comércio.

Ver todas as notícias
Voltar para o topo
Atendimento On-line Segunda a sexta: 8h às 17h