Capa da notícia
Baixa renda

Jovens terão cursos profissionalizantes ofertados pelo Senac

Cerca de 550 vagas serão disponibilizadas para cursos de diferentes áreas por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG)

Com o intuito de capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac Goiás) vai oferecer cerca de 550 vagas para cursos profissionalizantes. Os cursos contemplam os segmentos de moda e beleza, gestão e comércio, gastronomia, idiomas e tecnologia da informação. A iniciativa é fruto da parceria entre o Governo do Estado por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e o Senac Goiás. A oficialização aconteceu nesta quinta-feira (30), com assinatura do termo de cooperação entre as instituições, durante a inauguração do novo Centro da Juventude da OVG, no Jardim Novo Mundo, em Goiânia.

Na oportunidade, foram oferecidas demonstrações dos cursos com a realização de oficinas para os jovens sobre o mundo do trabalho, o mercado da moda, o inglês e a importância da segunda língua para o sucesso profissional, oficina de bolos de milho e fubá com goiabada e uma demonstração de corte e penteado.

O edital do PSG, que será lançado nos próximos dias, disponibilizará vagas para atender o público entre 12 e 21 anos, cujo a renda familiar mensal per capita não ultrapasse dois salários mínimos, sendo jovens beneficiados pelos programas sociais da OVG, como o Centro da Juventude - Tecendo o Futuro e o projeto Meninas de Luz, entre outros. Também serão contemplados trabalhadores de baixa renda empregados ou desempregados, alunos matriculados ou egressos da educação básica. Serão oferecidos cursos com carga horária entre 20 e 240 horas e a previsão de início das aulas é para o dia 11 de agosto.

Os alunos poderão optar pelos cursos de cabeleireiro assistente; assistente administrativo; assistente de Recursos Humanos; auxiliar de cozinha; operador de computador; modelagem básica; costureiro; inglês instrumental; informática básica; fotografia com celular e mídias digitais.

De acordo com o presidente da Fecomércio, Sesc e Senac, Marcelo Baiocchi, a parceria visa oferecer oportunidade de um ensino de qualidade para jovens de baixa renda. “Essa iniciativa é transformadora porque dá dignidade aos jovens por meio da capacitação profissional. Assim, eles poderão conhecer uma área que se identificam e aprender a trabalhar e garantir a melhoria de sua renda”, ressaltou. 

Para o diretor regional do Sesc e Senac, Leopoldo Veiga Jardim, o nível de qualidade do ensino do Senac proporcionará aos alunos uma vantagem no mercado de trabalho. “Quando os alunos recebem o nosso certificado, eles têm também ainda a chance de conquistar um emprego pelo nosso Banco de Oportunidades, por isso é muito importante que eles se dediquem para aprender a profissão”, pontuou.

Ver todas as notícias
Voltar para o topo
Atendimento On-line Segunda a sexta: 8h às 17h